Estalar os dedos faz mal ou não? Cientistas explicam

Pesquisadores do Centro de Medicina da Universidade de Califórnia, em Davis (Estados Unidos), se propuseram a descobrir como as articulações são afetadas pelo hábito de estalar os dedos. Muita gente, acredita que a prática é prejudicial.

Bombou.net traz esta notícia em primeira mão. Confira!

Mas o que acontece de verdade com as articulações?

De forma geral, as articulações são os pontos onde os ossos se unem, rodeados por uma cápsula articular cheia de líquido, o líquido sinovial. Quando estalamos os dedos, ampliamos o espaço entre os ossos. O líquido sinovial se torna insuficiente para preencher o vazio. Logo, a pressão interior diminui, formando uma bolha cheia de gás. Quando tal bolha estoura, ouvimos aquele barulho característico.

estalar-os-dedos-1

Na segunda foto, percebemos que, ao esticar uma articulação, forma-se um espaço vazio dentro dela.

O radiologista Robert D. Boutin e o cirurgião Robert Szabo analisaram as informações recebidas após observar 40 pessoas, 30 das quais tinham o hábito de estalar os dedos. As outras 10 nunca o faziam, ao menos não de forma consciente.

Observou-se que, logo após o estalo nos dedos, a amplitude do movimento naquela região aumenta, sucedendo uma espécie de aquecimento.

Acredita-se que isso ajude na prevenção à artrite, mas tal teoria ainda precisa ser investigada de maneira mais aprofundada.

Outro resultado percebido é que quem adora estalar os dedos não sofre com inchaços, artrite ou outras doenças articulares.

Apesar das aparentes vantagens deste hábito, é preciso ficar atento para não deixar que ele vire uma obsessão.

Além disso, estalar os dedos com frequência pode acabar irritando quem está ao seu redor.

E isso pode causar ferimentos, principalmente se quem se irrita resolve te agredir.

Fonte: veja.abril

Deixe seu Comentário:

comentários